Diaconia IPEM

Exercicio da misericórdia, tarefa nobre exige diligência e sensibilidade

Parteiras Sifrá e Puá

Posted by diaconosipem em 20 de março de 2013

PARTEIRAS SIFRÁ E PUÁ

E o rei do Egito falou às parteiras das hebréias (das quais o nome de uma era Sifrá, e o da outra Puá),
E disse: Quando ajudardes a dar à luz às hebréias, e as virdes sobre os assentos, se for filho, matai-o; mas se for filha, então viva.
As parteiras, porém, temeram a Deus e não fizeram como o rei do Egito lhes dissera, antes conservavam os meninos com vida.
Então o rei do Egito chamou as parteiras e disse-lhes: Por que fizestes isto, deixando os meninos com vida?
E as parteiras disseram a Faraó: É que as mulheres hebréias não são como as egípcias; porque são vivas, e já têm dado à luz antes que a parteira venha a elas.
Portanto Deus fez bem às parteiras. E o povo se aumentou, e se fortaleceu muito.
E aconteceu que, como as parteiras temeram a Deus, ele estabeleceu-lhes casas.
Então ordenou Faraó a todo o seu povo, dizendo: A todos os filhos que nascerem lançareis no rio, mas a todas as filhas guardareis com vida. 
Êxodo 1:15-22

 

Refletindo hoje no texto acima, fiquei impressionado com duas senhoras  Sifrá e Puá, não são as mais conhecidas nas escrituras, portanto o que Deus fez para elas é magnífico.

O contexto, o quadro político tinha mudado; chegou ao poder sobre o Egito um novo rei, q não tinha o conhecimento de José . Este rei mostra-se mal disposto em relação a multidão dos hebreus q ocupavam o território da fronteira a oeste da delta do Nilo(Gosen). O rei  acha q caso ocorre-se uma guerra contra o Egito o povo de Israel poderia juntar-se aos inimigos e pelejar contra eles.Desta mudança política, que reduz aos hebreus trabalhos forçados.

Israelitas_trabalhando2

 

Bom, chegamos ao texto onde gostaria de comentar sobre  duas mulheres parteiras Sifrá e outra Puá.

Antes o que é ser uma mulher parteira.

Segundo o  Wicdicionario: mulher que dá suporte físico e emocional a outras mulheres antes, durante e após o parto.

 

parteiras2a

 

Essas duas parteiras recebem uma ordem do rei do Egito q todo o menino q nascer deve morrer,  se for menina, viverá.

Uma missão um pouco árdua, obedecer ao rei do Egito ou ao Deus q ela acreditava ter feito maravilhas através de seus antepassados Abrão, Isaque e Jaco/Israel. Elas fizeram o certo obedeceram ao Senhor,  elas tem o temor do Senhor em seus corações.

TEMOR AO SENHOR

No salmos 111:10

O temor do Senhor é o principio da sabedoria ; todos os q cumprem os seus preceitos revelam bom senso, Ele será louvado para sempre!

Temor é na verdade sinônimo de reverência ou adoração, o que faz supor q a sabedoria começa qdo reconhecemos devidamente quem Deus é e lhe prestamos a adoração q merece. Faz-nos lembrar q descobrimos a verdadeira relevância da vida ao nos aproximar de Deus numa atitude de humildade e de reverente temor, não com pavor e sobressalto.

Provérbios 8:13

O temor do Senhor é aborrecer o mal; a soberba; e a arrogância, e o caminho, e a boca do perversa aborreço.

O temor ao Senhor leva o crente em Jesus a afastar-se do mal e abomina o pecado, o qual desagrada a Deus e destrói tanto a nós, como aqueles q amamos.

 Essas duas mulheres exerceram o que esta escrito em provérbios 10:27

O temor ao Senhor prolonga a vida , mas a vida do ímpio é abreviada.

Queridos, esse provérbio não oferece aos justos imunidade contra a hipótese de morte precoce, nem é garantia de q os perversos morrerão cedo. Aqui esta delineados princípios gerais da vida: se levarmos vida justa , podemos evitar muitas ações tolas q causariam a nossa morte antes do tempo. Em contrapartida, se seguimos os caminhos de Deus , em geral teremos vida mais feliz, saudável e longa.

Aquelas mulheres foram chamadas pelo rei e tiveram que prestar contas pela desobediência, estavam cientes que poderiam morrer, com toda a paciência e graça do Senhor, elas explicaram q as hebreias eram diferentes das egípcias pois antes que chegassem as parteiras já haviam nascidos. Isso era uma verdade, mas não o ápice do momento e sim ver que Deus controlou o rei a não condenar a morte a duas parteiras, assim como ele fechou a boca dos leões com Daniel na cova. Como Daniel e seus três amigos as duas parteiras não negociaram seus princípios e fé em Deus.

A recompensa

Versículo 20,  diz que Deus fez bem as parteiras e o povo continuou a aumentar e se fortalecer, devido a sua obediência ela obtiveram uma casa.

Mesmo vivendo em dias perigosos quando a ordem do rei continuava ameaçando morte aos meninos as duas parteiras tinham o prazer não somente em ajudar o nascimento de filhos dos outros mas em produzir em suas próprias famílias servos de Deus que mais tarde ajudar a vencer Faraó e seu exercito.

Amados(as), acredito que Sifra e Puá receberam sua recompensa eterna pela fidelidade e perseverança na terra. Já passou a luta e estão gozando o descanso eterno. Combateram um bom combate, completaram a carreira e guardaram a fé  e assim a sua coroa da justiça esta guardada.

O exemplo dessas duas mulheres possam nos encorajar a continuar fiés na luta até a morte, perseverantes em perigo e recompensados senão nessa vida, com toda a certeza no dia eterno.

Sejamos parteiro(a), onde como amigo, como pai, como mãe como filho as pessoas ao chegar em nós são estimuladas. Não sejamos coveiros para enterra-las.

 

 

Diácono Marquinhos

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: